Vista da IAT-Pandrol Brasil. Localizada em frente ao Aeroporto internacional Salgado Filho Porto Alegre - RS.

A IAT-Pandrol desenvolve projetos e manufatura de elementos de fixação elástica para ferrovias há mais de 33 anos. Em 1977 a manufatura de fixações elásticas foi incorporada à produção industrial da IAT-Pandrol, que tendo sido fundada em 1962, até então dedicava-se à metalurgia de outros componentes. Desde 1997, os acionistas decidiram dedicar-se exclusivamente à produção de fixações elásticas para vias férreas. A ampliação da atividade comercial para uma variedade cada vez maior de itens ligados às ferrovias, sua manutenção e desenvolvimento aconteceu naturalmente e a associação com os grupos Pandrol e Railtech, líderes mundiais do ramo, sedimentou a expertise da IAT-Pandrol.

A IAT-Pandrol participa hoje de um grande número de projetos de vias férreas no Brasil e no mundo. Países como Colômbia, Tailândia, Indonésia, Canadá, México, Reino Unido, Chile, Panamá, Bolívia, Estados Unidos e Argentina são exemplos desta vasta atividade comercial. Tendo já vendido mais de 100.000.000 milhões de grampos desde e 1997, a IAT-Pandrol oferece produtos capazes de responder às diferentes necessidades de sua clientela originária de diversas culturas, pois desenvolve do desenho até à manufatura os sistemas de fixação com as mais modernas tecnologias.

Em 2014, a IAT-Pandrol fechou o maior contrato já feito entre duas empresas brasileiras com a Transnordestina Logística para o fornecimento de fixações elásticas: 9,3 milhões de Grampos Deenik, 9,3 milhões de ombreiras de ferro fundido nodular e 4,6 milhões de almofadas de polietileno de alta densidade. Atualmente o intercâmbio técnico e comercial com as outras empresas do Grupo Delachaux, como Pandrol, Vortok, Rosenqvist, Railtech e Matweld é constante e frutífero, garantindo a presença da IAT-Pandrol na liderança do desenvolvimento ferroviário do Brasil.